carla barth - fachada

Aldeia – Módulo IV – Imaginário | Código Aberto

13/01/2015

Módulo IV – Imaginário – Projeto Código Aberto

Abertura: 19 de janeiro, segunda-feira, às 19h00.

Exposição: Aldeia – Carla Barth (RS)

sonZeira: DJ Paulão (SP)

Carla Barth traz universo dos sonhos ao Ateliê Aberto no último módulo do projeto Código Aberto

Artista gaúcha convida público a mergulhar no mundo lúdico do Imaginário em exposição que abre dia 19 de janeiro e prossegue até  06 de março no Ateliê Aberto 

 

A partir de 20 de janeiro até 06 de março, o Ateliê Aberto (Campinas) será tomado pelo universo dos sonhos da artista gaúcha Carla Barth e seus personagens, narrativas e cenários lúdicos que remetem ao desconhecido. A exposição inédita de Carla Barth para o Módulo IV – Imaginário, último do projeto de ocupação anual Código Aberto, patrocinado pela Petrobras, também é fruto da uma vivência de 15 dias da artista no Ateliê Aberto, incluindo um workshop de processos criativos que contou com participantes de quatro a 80 anos de idade.

 A exposição, que abre no próximo dia 19 de janeiro, às 19h00, e prossegue até 06 de março, convida a um mergulho no universo onírico de Carla, através das viagens que ela fez ou somente imaginou, sua coleção de postais e referências. Carla Barth inventa e reinventa memórias, seres, lugares e mitos, estimulando o imaginário do espectador, que poderá interagir com alguns trabalhos. As referências orientais, o estrangeiro e a atração pelo oculto continuam a marcar o trabalho da artista, que expõe pela primeira vez na cidade.

 A ocupação Imaginário é inteiramente composta por trabalhos inéditos, tanto uma produção anterior da artista em nanquim, quanto suas últimas três telas em acrílico. Carla ainda aproveitou a residência para sair do plano bidimensional, com a criação máscaras de tecido e outros materiais, que também estarão expostas no espaço.

 carla barth - fachada 2

A abertura da exposição terá DJ Paulão (SP) no comando do projeto sonZeira. Cientista político de formação, curador de projetos, radialista e DJ, Paulão tem carreira nacional e internacional como DJ e é referência em pesquisa sobre música brasileira, especialmente samba rock e soul brasileiro. Atualmente pesquisa a história do samba rock e dos bailes do Brasil para um livro a ser lançado.

Durante a visitação da exposição haverá também o CineCaverninha, seleção de vídeos sob a curadoria de Cauê Alves, que discutirá o tema do módulo em conversa aberta com o público. Todas as atividades do módulo são gratuitas.

SERVIÇO:

Exposição Aldeia  – 20 de janeiro a 05 de março

Abertura: 19 de janeiro, das 19 às 22 horas, com DJ Paulão

Período expositivo:  de 20 de janeiro a 06 de março

Visitação: de segunda a sexta, das 14 às 19 horas

Para agendamento em outros horários e dias: atendimento@atelieaberto.art.br

Entrada gratuita

Sobre Carla Barth - Formada em Comunicação pela PUCRS, estudou desenho e escultura no Atelier Livre (RS), além de cursos livres de arte contemporânea realizando exposições individuais em Porto Alegre e São Paulo. Participou de exposições coletivas e individuais no Museu do Trabalho (RS), Santander Cultural (RS), Galeria Laura Marsiaj (RJ), Galeria Choque Cultural (SP), CCBB Brasília, Pavilhão das Culturas Brasileiras (SP) e no MACRS onde foi finalista do concurso jovem artista em 2005. No exterior, participou de mostras em centro culturais e galerias nos EUA, Espanha, França, Itália, Taiwan e Colômbia. Ministrou cursos e palestras sobre arte pública, processo artístico, desenho e escultura. Fez parte de publicações como as revistas Juxtapoz (EUA), +SOMA (BR), G.O.B (EUA) e Clam Magazine (FR) e dos livros, Magia & Mística: arte contemporâneo – JellyFish Editorial (AR); Xirogravuras e dos Monstros editados pela Choque Cultural (SP). Trabalha com ilustração e arte aplicada para marcas de mercado.

Sobre o projeto Código Aberto É um programa de ocupação anual do Ateliê Aberto que busca investigar e expor os mecanismos e processos da produção e criação contemporânea. Partindo da triangulação, artista, público e contexto, o projeto procura investir em processos compartilhados, experimentais e transdisciplinares. Com atividades internas e externas, o programa se divide em quatro módulos: Cidade, Corpo, Tecnologia e Imaginário. Juntos, esses eixos formam uma rede dialógica que busca instaurar novas possibilidades de convívio.

 

Ateliê Aberto

www.atelieaberto.art.br

atendimento@atelieaberto.art.br

+55 19 3251 7937 | 19 9 8244 0099

Rua Major Sólon, 911 – Cambuí

Campinas – SP – BR | CEP 13024-091

 versoes_minc-gf

Tags:,


Deixe um comentário